Notícias - MedSênior

Dia Internacional da Amizade: importância dos amigos na terceira idade


A famosa frase "quem tem amigos, tem tudo" passa a fazer ainda mais sentido com a chegada da terceira idade. Fortalecer a rede de amizades nessa fase da vida, em que mais precisa-se de apoio, é fundamental para os idosos. Os grupos de amizades, além de permitirem a troca de histórias e experiências, contribuem para a saúde e o bem-estar!
 
Em comemoração ao Dia Internacional da Amizade, celebrada anualmente em 30 de julho, nós, do MedSênior preparamos um conteúdo especial para explicar a importância da amizade na terceira idade.
 
Manter amizades na terceira idade faz bem para a saúde
 
Estudos de Harvard apontam que fortes laços de amizade mantêm a qualidade da saúde cerebral conforme envelhecemos. Uma pesquisa realizada com 15 mil pessoas acima dos cinquenta anos, revelou que a memória dos socialmente ativos apresentava-se melhor do que entre os mais solitários.
 
A psicóloga do MedSênior Ana Carolina Barbarieri destaca que a interação social  é um fator de proteção no envelhecimento saudável e ativo do idoso. “Todo o cuidado prestado e recebido dos amigos, auxilia na manutenção do sentido de controle pessoal, o que resulta, diretamente, no bem-estar psicológico”, completa. Além disso, segundo a psicóloga, pessoas que mantêm laços com outras, tendem a ter hábitos mais saudáveis e praticarem mais o autocuidado.
 
Geração+ protegida e bem informada!
 
Como pudemos perceber, conservar uma amizade é fundamental para um envelhecimento saudável. Nós, do MedSênior, gostaríamos de ressaltar que, mais do que um plano de saúde, somos também seus amigos. Conte sempre com a gente!
 
Aproveite para conferir outros conteúdos do Blog que podem te interessar: 
 
Namoro na terceira idade melhora a qualidade de vida
 
Como manter o autocuidado e a autoestima na quarentena?
 
Fonte: Ana Carolina Barbieri Lima, psicóloga MedSênior, CRP 16/6571.
foto