Notícias - MedSênior

Janeiro roxo: mês de conscientização da Hanseníase


A data 29 de janeiro marca o Dia Internacional do Hanseniano e faz que o primeiro mês do ano seja o período para reforçar o compromisso de controle da doença. Chamada de lepra no passado, a Hanseníase foi descoberta em 1873 pelo cientista Hansen, por isso, a origem do nome.

O Brasil é o segundo país com maior taxa de casos de hanseníase no mundo e, mesmo após descoberta a cura, o estigma social, motivado pela falta de informação, permanece. Causada pela bactéria Mycobacterium leprae, a evolução dessa doença crônica depende do sistema imunológico e pode atingir qualquer pessoa, independentemente de classe social, sexo, localização geográfica e idade.

Qual é o tratamento da Hanseníase?

Dra. Luana Mukamal, dermatologista da MedSênior, explica que existe um tratamento efetivo que pode durar de 6 meses a um ano. Além disso, segundo  Dra. Luana, a doença pode deixar sequelas quando não é tratada corretamente.
Consulte o seu médico para mais informações.

A MedSênior é parceira na caminhada do combate à Hanseníase para nós, cuidar faz parte do nosso plano.

Fonte: Dra. Luana Vieira Mukamal, dermatologista MedSênior, CRM10745 e RQE 6854

Já que conheceu nosso blog, fique por aqui e confira outros conteúdos exclusivos! E se você ainda não é um beneficiário, conheça nossos planos!

 
 
 
foto