Notícias - MedSênior

Saiba como viver feliz e com qualidade de vida após aposentadoria!


Você trabalhou a vida inteira, dedicou seus dias a funções diversas e, agora, o momento tão esperado de se aposentar chegou. Nos primeiros meses, aproveitar para viajar e realizar uma série de atividades que não contava com tempo hábil antes, com certeza, serão seus principais desejos. Mas, e depois disso? Há quem sofra (e muito!) com esse “pós-aposentadoria” - em alguns casos, de um modo traumático. E sobre como evitar que isso ocorra, é que falaremos neste post!

 

Estudo divulgado em 2013, pelo Institute of Economic Affairs (IEA) mostra que danos à saúde mental após parar de trabalhar são reais. A pesquisa aponta que o momento da aposentadoria pode aumentar em até 40% os riscos do desenvolvimento de depressão na terceira idade. Tendo em vista que o número de idosos deve triplicar até 2050, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) - o aumento inclui 29,3% - não podemos negligenciar este assunto de forma alguma.

 

Dicas para evitar situações traumáticas pós-aposentadoria

 

Se você é daqueles que, literalmente, batem ponto nas idas ao médico, sempre está com os exames em dia, mas não reserva nunca um momento de sua semana para cuidar de sua higiene mental, saiba que está muito propenso a causar danos à saúde. Aqui, na MedSênior, sempre que temos oportunidade, falamos sobre como o envelhecimento saudável vai além do cuidado com o corpo. Sua mente precisa de tanta atenção quanto. As dicas que listamos a seguir abordam exatamente isso!

 

1.Hobbies são grandes aliados!

 

Quem acha que reservar um tempo para atividades que dão prazer não vale a pena, está errado. Aposte em um hobbie!

 

Se sua fama na cozinha não é das melhores, que tal começar por aulas de gastronomia? Já ouviu falar em cozinhaterapia? É aproveitar os benefícios que cozinhar pode trazer ao seu bem-estar. Reúna a família toda após o aprendizado de uma nova receita, temos certeza que será um show à parte - de sorrisos e momentos afetivos.

 

E que tal tornar o passeio com seu pet um momento incrível em seu dia? Faça um tour pelo bairro ao lado dele. Pare alguns minutos para brincar com com seu bichinho e se divirtam juntos!

 

Inscrever-se em uma aula de natação, aprender um novo instrumento musical, ir a aulas de dança e descobrir um talento com artesanato, são outras alternativas, em meio a uma imensidão de possibilidades que você pode recorrer.

 

2. Coloque seu corpo para se mexer!

 

Ficar parado é um risco. Praticar atividades físicas ajuda na liberação de endorfina, o famoso hormônio responsável pela sensação de bem-estar. O exercício físico também é um grande amigo da saúde, que atua, inclusive, contra a depressão.

 

Você não precisa ir à academia, necessariamente. Uma caminhada pela manhã, subir e descer escadas, alongamento e pilates, podem te ajudar também.

 

3.Cerque-se de amigos e das pessoas que ama!

 

O sentimento de solidão é um prato cheio para sentimentos depressivos. Por isso, não se isole! Marque um almoço com os filhos, faça passeio com os netinhos, aproveite a companhia de velhos amigos e faça novas amizades!

 

Aos casados, que tal colocar na agenda semanal, pelo menos um “encontrinho”, seja para uma saidinha a um restaurante, ou a preparação de uma receita nova juntos?

 

4.Tenha em mente que envelhecer é um processo normal

 

Ao chegar à aposentadoria, há quem se sinta incapaz. E isso não é verdade! Acima mostramos uma série de atividades que podem te ajudar a ocupar a mente. Mas, antes de qualquer coisa, é preciso aceitar que envelhecer é um processo natural, todos passarão por essa fase e não é preciso ter vergonha disso. Muito pelo contrário!

 

Orgulhe-se pelos anos em que trabalhou e conquistou tudo o que, hoje, você tem a oportunidade de desfrutar. Sua história continua. Agora, sob uma nova perspectiva e com um turbilhão de oportunidades para continuar a ser feliz. Você merece!

 

Sabe aquele jargão popular: “mente sã, corpo são”. Adote para seu dia a dia. Os benefícios são reais!
 

Alerta aos sintomas de depressão pós-aposentadoria

 

Depressão é uma doença séria e que precisa de atenção. Caso tenha percebido alguns desses sinais, que citaremos a seguir, procure ajuda de um profissional:

 

Tendência a se autodepreciar, falta de apetite, ganho ou perda de peso considerável - sem motivo aparente, insônia, cansaço excessivo, vontade de se isolar, pensamentos negativos e vontade de se machucar ou morrer.

 

Como a MedSênior pode ajudar nesse período tão importante?

 

Somos um plano exclusivo para terceira idade, e estamos aptos a tratar e cuidar com carinho das reais necessidades de quem tanto fez para chegar a essa etapa da vida. Tratamos a sua saúde de forma preventiva, com serviços exclusivos em nossas unidades próprias e com profissionais altamente qualificados.

 

Contamos com uma série de programas que promovem o bem-estar de nossos pacientes. As oficinas de saúde são exemplos. Para saber mais sobre elas, você pode clicar aqui!

 

Lembre-se de cuidar da sua saúde, com o carinho e atenção que ela merece!

Fonte: Dr. Roni Chain Mukamal, geriatra MedSênior, CRM 9745 e RQE 6575. 

foto
Medsênior - cuidar, faz parte do nosso plano
Central de Atendimento
SAC: 0800 605 5505 4007-2001
Grande Vitória e Belo Horizonte
Av. Vitória, 1342, Ilha de Santa Maria
Vitória - ES - CEP 29051-040
ANS TISS Demonstrações Contábeis