Notícias - MedSênior

Arte: uma aliada contra a ansiedade


De acordo com um artigo publicado na revista Frontiers in Immunology, pesquisadores debatem sobre como os impactos da pandemia do novo coronavírus podem afetar  a saúde mental. E no período de distanciamento social é preciso se reinventar, para driblar a ansiedade, e uma das formas é investir seu tempo na arte. Pensando nisso, nós, do blog do MedSênior, vamos dar algumas dicas de como despertar sua veia artística e quais os benefícios de ser um artista, mesmo que amador. Gostou da ideia? Então continue lendo para se inspirar!

A arte como ferramenta de ajuda

Muitos estudos ligam a prática artística ao alívio de transtornos de ansiedade, já que, quando se exercita a arte, automaticamente se desvia dos problemas cotidianos. E isso faz com que a pressão sanguínea diminua, a pulsação e respiração desacelere, promovendo um estado corporal tranquilo e leve, além de desenvolver outras partes do cérebro.

Como começar a desenhar?

Para um bom iniciante, papel e caneta basta. Como em qualquer novo desafio, é preciso ter calma e persistência para se aprimorar. Mas é essencial liberar sua criatividade, seja no papel ou na tela, explorar as cores, formas e textura é uma ótima maneira de evoluir no processo de criação.

Onde inserir a arte?

A arte pode ser incorporada em vários ambientes e objetos. Você pode começar colorindo uma camisa com o estilo tie-dye, explorar as cores e desenhos em tela, abusar dos lápis de cor e canetas coloridas nos livros de colorir e, desmistificar o pensamento de que esse tipo de arte é apenas para crianças.

E para os mais corajosos, é possível transformar objetos com tintas ou criar esculturas com materiais simples e recicláveis como garrafa pet e palitos descartáveis. E se preferir, explorar outras áreas, como a música, o cinema, a costura, o artesanato de colagem, as esculturas em barro, é uma infinidade de opções. O importante é começar e incluir a arte nos seus dias.

Fonte: Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz)
 
Geração + criativa e informada
Sabia que aqui no Blog da MedSênior existem outros conteúdos interessantes como esse? Confira os nossos posts!
   
foto