Notícias - MedSênior

Como manter o autocuidado e a autoestima durante a quarentena?


 
Apesar dos efeitos negativos que a pandemia do coronavírus provocou na rotina das pessoas, é sempre importante tentar enxergar o lado bom de situações como essa. Um deles é a possibilidade de dedicar uma atenção maior a nossa autoestima. Além de ser um passatempo, as rotinas de autocuidado também comprovadamente ajudam na saúde mental durante a quarentena. Neste post, nós, do MedSênior, separamos 3 dicas incríveis para você acrescentar na sua rotina - tanto durante o isolamento social, como depois quando esse cenário normalizar. Confira!
 
1. Cuide da pele
 
Com o envelhecimento, há a diminuição da produção de suor e óleo pelas glândulas do nosso corpo e, consequentemente, causa o ressecamento da pele. As principais áreas afetadas são os braços, as pernas e o rosto. Além de causar incômodo pelo aspecto áspero, o ressecamento pode resultar em prurido persistente e até gerar alergias (dermatites).
 
Como a quarentena nos permite ter mais tempo livre, uma ótima opção de autocuidado é justamente cuidar da nossa pele. Hidrate diariamente com cremes ou loções da sua preferência, especialmente após o banho, pois garante uma eficácia maior. 
 
2. Mantenha a saúde mental em dia
Manter a qualidade da saúde mental neste momento é de suma importância para conseguirmos superar e sair dessa crise ainda mais fortes e com muitos aprendizados. Como um dos pilares da autoestima é o autoconhecimento, a meditação pode ajudar a lidar melhor com as emoções e, ainda, permite nos conhecer mais a fundo.
A equipe MedSênior recomenda que, para um primeiro momento, uma boa maneira para praticar a meditação é sentar-se de forma confortável em um lugar calmo e tranquilo, fechar os olhos e se concentrar somente na respiração natural do corpo. A psicóloga Ana Carolina Barbieri Lima ressalta a importância de acompanhar o ar entrando e saindo das narinas e observar todo o movimento da inspiração e expiração.
 
3. Crie ou aperfeiçoe Hobbies
 
Você se lembra a última vez que praticou ou teve algum hobby? Com a correria do dia a dia, mal conseguimos realizar atividades que proporcionem prazer e que ajudem a aliviar as tensões. Este momento de isolamento social pode ser uma ótima oportunidade para aprender uma nova habilidade, como fotografia, dança, desenho ou artesanato. O importante é tentar encontrar atividades que mais te agradem.
 
O que achou das dicas? Esperamos que tenha gostado! Aproveite para conferir outros conteúdos do Blog:
 
Dicas de curso online para fazer durante a quarentena
 
Isolamento social: como evitar a ansiedade nesse período?
 
Fonte: Psicóloga Ana Carolina Barbieri Lima / CRP 16/6571.
foto