Notícias - MedSênior

Como ter uma boa autoestima na terceira idade? Veja Dicas!


Chegar à terceira idade com uma boa autoestima é uma missão e tanto. Conforme envelhecemos, nossa aparência muda e podemos passar a ter dificuldades que antes não existiam. O processo de aceitar e curtir a aparência pode ser um tanto quanto demorado, mas também é muito empoderador. Veja dicas para lidar com esse momento!

É extremamente normal que sintamos os efeitos da idade no corpo e na mente enquanto envelhecemos, principalmente na aparência. No entanto, isso não é motivo para medo ou tristeza. É durante a terceira idade que adquirimos uma melhor maturidade e mais capacidade para compreender a vida.

Em um mundo cada vez mais moderno e tecnológico, a terceira idade já não é mais um momento de apenas ficar em casa ou descansar. As pessoas nessa fase estão cada vez mais ativas e buscando por melhorias, tanto físicas quanto mentais

Essas podem ser armas para se empoderar e ver beleza em si mesmo(a). Além disso, manter uma baixa autoestima nessa fase traz diversos prejuízos para o corpo e a mente.
Prejuízos que não ter uma boa autoestima podem trazer

Por vezes, aquela olhada no espelho pode causar uma certa baixa autoestima, afinal, a beleza já não é mais como antes. Contudo, se manter nesse estado pode fazer muito mal.

Confira alguns prejuízos:
  • Medo;
  • Dificuldade de se relacionar;
  • Ansiedade e depressão;
  • Tendência ao isolamento;
  • Diminuição de atividades;
  • Sensação de solidão.

Afinal, como manter uma boa autoestima na terceira idade?

Se conhecer é a melhor resposta para como ter uma boa autoestima. Entretanto, tomar algumas outras atitudes também vai te ajudar nesse processo. Se preparar para o envelhecimento cuidando da sua saúde e da aparência e se apegar menos aos padrões sociais e as opiniões alheias são exemplos disso.

É importante relembrar que a autoestima na terceira idade anda lado a lado com a aceitação de si e o empoderamento. Para alcançá-los, você também deve buscar por atividades, locais, pessoas e vestimentas que te façam bem e te deixem confortáveis. 

Essa mudança ajudará e muito a ter uma boa autoestima e a viver de bem com a vida na terceira idade.

Além disso, você também pode manter uma boa autoestima com atitudes como:
  • Se inspirando em outras pessoas da sua faixa etária;
  • Se manter em movimento;
  • Fazendo amizade e trabalhando suas conexões com o próximo;
  • Lembre-se sempre dos seus pontos fortes e do que mais gosta em você;
  • Cuide-se, tanto da sua saúde quanto da aparência;
  • Exercite a sexualidade na terceira idade;
  • Não descarte os procedimentos estéticos.

Algumas pessoas chegam a condenar os procedimentos estéticos e as cirurgias plásticas. Contudo, o ideal é que eles não sejam feitos de forma irresponsável. No entanto, é válido destacar que mudar aquilo que não lhe faz bem não é errado. 

Pelo contrário, nunca é tarde para tentar corrigir algo que está lhe incomodando. Por isso, os procedimentos estéticos e as cirurgias plásticas ou corretoras não devem ser vistas como uma opção negativa. Sem falar que, para você, pode ser a chave de como ter uma boa autoestima.
 
Aposte na sexualidade ativa para transformar a sua autoestima

Ao começar a exercitar a sexualidade na terceira idade você terá contato com outras pessoas e poderá desenvolver relações. Com isso, é normal que sentimentos como a afetividade despertem, afetando diretamente a autoestima.

Se relacionar também significa ter um(a) parceiro(a) para conversar sobre as diversas situações do dia a dia, dividir questionamentos pessoais e ansiedades. Por último, também significa lidar, juntos, com as mudanças. 

Além disso, todo o processo de sexo na terceira idade, mesmo que casual, faz com que você sinta-se desejado(a), busque melhorar a aparência e socializar em a procura de parceiros ideais. 

Por último, mas não menos importante, o sexo na terceira idade faz bem para a saúde física e mental. Aproveite!

Preparamos um material especial sobre namoro na terceira idade. Baixe clicando AQUI.

Famosos também ajudam no processo de manter uma boa autoestima

Crescemos acompanhando o desenvolvimento e envelhecimento de diversas celebridades. E é por isso que seguir suas dicas para deixar de lado a baixa autoestima pode funcionar. No Brasil, nomes como Fernanda Montenegro, Ana Maria Braga, Xuxa, Fátima Bernardes, Caetano Veloso, Ary Fontoura e Francisco Cuoco são exemplos disso.

Eles demonstram que é possível passar dos 60, 70 e se manter ativo(a), se cuidando e lidando bem com mais essa etapa da vida. Além disso, muitos deles se tornaram verdadeiros influenciadores da terceira idade, mantendo perfis em redes sociais e compartilhando o dia a dia.

Por isso, que tal começar a acompanhar mais pessoas que falem sobre autoestima e aceitação. A prática te fará enxergar novos horizontes e ainda acrescentará doses de empoderamento para a sua rotina.

Geração+ informada 
foto