Notícias - MedSênior

Descubra os benefícios da meditação diária para a sua vida


Uma meditação diária é capaz de trazer benefícios? De acordo com praticantes e médicos, sim. A prática, que pode até ser feita em casa, tem efeitos benéficos em diversas áreas da saúde, como o coração e até para a manutenção do peso. Conheça mais sobre o ato de meditar e como ele pode te ajudar no dia a dia.

Stress, ansiedade e até crises nervosas. Não é muito difícil encontrar pessoas que sofram ou já tenham sofrido com algum desses problemas. Melhorar, porém, requer uma mudança de hábitos e desacelerar uma rotina que por vezes pode ser bem agitada. É nesses momentos que a prática de meditação diária pode trazer grandes benefícios.

O que é a meditação?

A arte da meditação consiste em uma prática que busca levar o corpo e a mente a um estado de calma por meio de métodos de foco, que estimulam a atenção, e postura. Apesar de parecer um pouco difícil alcançar esses estágios, se praticada da maneira correta, ela é capaz de promover essas e outras sensações.

Para que você possa atingir o nível de uma meditação diária, no entanto, é necessário se dedicar. Acessível, ela pode ser praticada em casa ou até com o auxílio de outras pessoas, em técnica conhecida como meditação guiada.

Tipos de meditação

Existem diversos tipos de meditação. A mais comum é feita sozinho(a), muitas vezes em silêncio, mas também é possível meditar com música, em grupo ou até mesmo aliar as técnicas de meditação com outras práticas como a yoga.

No caso de yoga e meditação, porém, ambas podem caminhar juntas para auxiliar tanto a saúde física quanto a saúde mental dos praticantes. Com isso, os benefícios oferecidos pelas duas práticas são potencializados.

Conheça 3 tipos de meditação:

1 - Meditação Zazen

Essa técnica de meditação tem como principal objetivo ter consciência das nossas percepções. Para isso, ela deve ser praticada com os olhos entreabertos e com a pessoa sentada de forma correta, na postura tradicional da meditação.

Nascida no Zen-Budismo, uma vertente japonesa do budismo, a prática ajuda as pessoas a terem uma percepção mais real da vida e de tudo que as cerca.

2 - Meditação Vipassana

Também vinda do budismo, dessa vez o indiano, a técnica de meditação consiste em autoconhecimento e observação. Diferente da Zazen, porém, esse tipo de prática não costuma ser feita sozinho ou por qualquer pessoa. Ela geralmente é ensinada em cursos presenciais, com duração de dias. 

De maneira geral, a técnica também indica o silêncio e a não trocar olhares com os demais participantes.

3 - Raja Yoga

Prática que presa pelo autoconhecimento, a Raja Yoga conta com quatro passos básicos, que levam o praticante a atingir um estado de plenitude. Pode, entretanto, ser feita tanto em pé quanto em movimento, dependendo do que você preferir.

Diferente do nome, no entanto, a técnica não mistura yoga e meditação, não seguindo nenhum dos conceitos e posturas da primeira.
Os benefícios da meditação diária

A meditação diária, se incorporada à rotina, pode trazer diversos pontos positivos para, além de auxiliar com problemas recorrentes como crises nervosas ou de ansiedade. Isso porque a técnica permite ao praticante obter autoconhecimento e foco para lidar com determinadas situações que ocorrem no dia a dia.

Mas afinal, quais os benefícios da meditação?

Conheça alguns deles:
  • Manutenção do foco;
  • Dormir melhor;
  • Tranquilidade;
  • Melhora no processo de autoconhecimento;
  • Diminuição do stress;
  • Autocuidado;
  • Uma concentração melhor.
Na terceira idade, porém, a prática se torna ainda mais benéfica, proporcionando bem-estar, dormir bem e manter a mente ativa, algo importante nessa fase da vida. Além disso, dependendo da técnica de meditação escolhida, também há vantagens para a socialização e a saúde física. 

Como começar a meditar?

Antes de partir para uma meditação diária, é necessário dar o pontapé inicial. Para isso, algumas dicas podem fazer toda a diferença. A primeira delas é descobrir o tipo de prática que melhor te agrada.

Talvez, de início, você possa tentar uma meditação guiada ou até mesmo com música. Com o auxílio de vídeos e apps, será muito mais fácil compreender os primeiros passos e avançar na prática.

É importante entender ainda que não existe um “manual” para meditar em casa ou em qualquer outro lugar. Essa é uma prática de autoconhecimento e que deve ser utilizada para fazer bem a si mesmo(a). Por isso, deve ser feita de uma maneira que te contemple e te deixe confortável.

Após, é preciso seguir mais alguns passos:

Encontre o lugar ideal

Em um primeiro momento, meditar em casa ou em um local tranquilo e sem distrações fáceis é a melhor opção. Além disso, é importante que ele seja confortável para que você possa sentir os efeitos da arte da meditação.

Preparar esse ambiente com almofadas, tapetes ou até mesmo incensos, também é válido. Lembre-se de deixá-lo acolhedor para você.

Crie uma rotina

Para atingir o nível de meditação diária, é necessário praticá-la com frequência até que a técnica se torne um hábito. Para isso, reserve um horário apenas para ela e foque totalmente, até que naturalmente o hábito ganhe um espaço na sua rotina.

Busque por posições confortáveis

Apesar das diversas técnicas de meditação permitirem posições variadas, busque por uma que te faça sentir confortável. Na terceira idade, é comum que tenhamos algumas limitações ou não consigamos praticar determinadas posições. Por isso, meditar diariamente requer primeiro que o momento seja confortável para você. 

Assim sendo, a arte da meditação conta com uma posição mais clássica e comum, que é sentado(a), pode utilizar uma almofada para isso, com as pernas cruzadas e com as costas retas, mas pode ser adaptada ao praticante.

Entenda que esse é um processo

Os efeitos de uma meditação diária ocorrem com o tempo e são perceptíveis no dia a dia. No entanto, meditar de forma satisfatória infelizmente não ocorre rapidamente. Dessa maneira, é importante entender que esse é um processo repleto de etapas e que deve ser vencido aos poucos.

Assim sendo, conseguimos evitar frustrações e até mesmo a ansiedade normal que envolve começar uma prática nova. Por último, também é válido manter a calma durante todo esse momento. Comece aos poucos, com poucos minutos e vá aumentando, conforme for sentindo necessidade.

Curta a terceira idade com saúde!

A terceira idade é uma fase para ser aproveitada ao máximo e com saúde! Para isso, além da prática da meditação, também é importante se cuidar. Mantenha as idas rotineiras ao médico e previna o aparecimento de doenças e possíveis problemas de saúde.

Uma assistência médica de qualidade te permitirá ter muito mais tranquilidade para aproveitar esse momento. Conheça as opções da MedSênior para pessoas a partir dos 49 anos de idade.

Geração+ informada
foto