Central de Atendimento
4007-2001
Assistencial: 0800 0800 551 SAC: 0800 605 5505 ES | MG | PR | DF | RS

Notícias - MedSênior

Namoro na terceira idade: dicas para manter a chama acesa


É inegável que o namoro é uma das fases mais prazerosas de qualquer relacionamento. É uma fase da vida onde tudo ainda é muito novo, mas sentimos que conhecemos a pessoa que está ao nosso lado como ninguém. É uma oportunidade para se enturmar com novos grupos de amigos, explorar novos hobbies em conjunto, com o benefício de ter uma vida independente, diferente dos relacionamentos mais maturados, como o casamento.

No entanto, com o passar dos anos, pode ficar mais difícil nos conectarmos com outras pessoas ou investir num relacionamento amoroso. Afinal, estamos tão acostumados com a rotina de trabalho, ou em família, que realmente acabamos, muitas vezes, não vendo a necessidade de conhecer gente nova. A partir disso, muita gente imagina que, quanto mais velhos ficamos, mais impossível fica de se relacionar. E isso não é verdade!

Para se ter ideia, em uma pesquisa realizada em 2017 pelo Instituto Brasileira de Geografia e Estatística (IBGE), foi constatado que cerca de 2,3 milhões de pessoas com mais de 60 anos começaram a usar a internet. Com isso, as redes sociais logo se tornaram ferramentas essenciais no dia a dia. E, a partir daí, essas pessoas mais velhas começaram a povoar essas redes, ampliando seus canais de conexão e, consequentemente, sua rede de amigos e pretendentes.

Em outro estudo, desta vez realizado pelo Google Global Senior Survey em 2018, foi descoberto que a população madura do Brasil busca 19% mais encontros online do que em outros países analisados. Indo contra o imaginário popular, já é possível dizer que aproveitar a vida afetiva é, sim, cada vez mais comum na terceira idade.

Para isso, o MedSênior separou 3 dicas fundamentais para você começar hoje mesmo a procurar a sua "coroa metade"!

Não deixe de se cuidar
Quantas vezes você já ouviu dizer que a primeira impressão é a que fica? Isso, claramente, se aplica aos relacionamentos. Com o passar da idade, o cansaço e a preguiça podem bater, o que é bastante comum. No entanto, isso não deve ser pretexto para você se descuidar! A verdade é que, nesse momento, também é uma excelente forma para você se conhecer melhor.

Portanto, busque cuidar dos cabelos, da pele, das unhas e também das roupas. Além de ser um prazer para você (quem não ama se mimar um pouco?), isso ajudará a melhorar a autoestima e a autoconfiança. Com isso, ficará fácil conquistar a pessoa que você gosta! Explicamos mais nesse conteúdo aqui.

Além disso, se você vai se jogar de cabeça na vida amorosa, saiba que é necessário ter os mesmos cuidados que todo mundo que tem a vida sexual ativa: visitas regulares ao ginecologista ou urologista vão garantir a sua saúde e a do seu futuro parceiro, melhorando sua qualidade de vida e bem-estar!

Aproveite aplicativos e sites de relacionamento
Atualmente, existem uma infinidade de sites especializados em relacionamentos para pessoas maduras. O uso costuma ser muito intuitivo: você preenche um formulário com suas informações, como nome, idade e região onde mora, além do que curte fazer ou que tipo de pessoa busca para começar uma vida a dois.

Alguns aplicativos de namoro permitem que você selecione possíveis candidatos de acordo com o local onde mora, idade, e até mesmo pontos em comum. Dessa maneira, fica bem mais fácil encontrar uma nova pessoa, que realmente tem os mesmos objetivos e gostos que você. E, mesmo que não saia um relacionamento, pode surgir uma bela amizade!

Lembre-se que, se a aventura for virtual, você deve ter bastante cuidado ao dar os seus dados, como endereço e números de cartão de crédito (já que alguns sites podem ser pagos, ou possuírem funções pagas). Verifique a reputação do site, se possui conexão confiável, para que não tenha nenhuma dor de cabeça no futuro.

Esteja atualizado!
Ninguém gosta de conversar com alguém que parece ter "parado no tempo", não é mesmo? Para manter uma conversa interessante e prazerosa, procure se manter atualizado sobre as coisas que você gosta. Um filme novo que você adorou ou um livro que merece indicação são ótimas formas de puxar assunto!

Para deixar a timidez de lado, você pode procurar perguntar o que a pessoa gosta de fazer, ler, escutar ou assistir. Com isso, a troca de experiências pode te ajudar a ampliar o seu repertório e bagagem cultural. Quem sabe você não descubra um novo hobby por conta de uma conversa despretensiosa?

foto