Notícias - MedSênior

Saiba quais cuidados você deve ter durante a segunda onda de Covid-19


A segunda onda de covid-19 já é uma realidade no Brasil. Com o aumento no número de casos e os hospitais entrando em lotação máxima, é essencial manter os cuidados em dia. Eles são ainda mais importantes na terceira idade. Se você está nessa fase da vida, veja neste post como se prevenir.

O coronavírus é o vírus causador da Covid-19, doença infecciosa, que apesar de apresentar, em boa parte dos pacientes, sintomas leves a moderados, pode se agravar e levar à morte. 

Agora, com uma segunda onda de Covid-19 em curso e a vacinação ocorrendo aos poucos, a doença vem passando por mutações e se tornando ainda mais infecciosa. Por isso é importante manter os cuidados com a saúde na terceira idade e ter atenção aos primeiros sintomas.

Principais sintomas da Covid-19 

A segunda onda de Covid-19 fez com que os brasileiros tivessem que ter ainda mais cuidado com os sintomas causados por alguns tipos de problemas de saúde. Muito parecida com gripes e problemas respiratórios, a doença tem como principais sintomas:
  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Tosse seca;
  • Cansaço.

Sintomas menos comuns, mas que podem ocorrer:

  • Perda do olfato ou do paladar;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta;
  • Diarreia;
  • Dores.

Pode ocorrer ainda sintomas graves:

  • Falta de ar ou dificuldade para respirar;
  • Perda da fala ou de movimentos;
  • Dor no peito.

Segunda onda da Covid-19: quais as fases da doença?

Não existe um tempo correto para ter e se curar da Covid-19. Cada caso é um caso e fatores como idade e doenças pré-existentes podem influenciar. No entanto, hoje, a doença é dividida em 4 fases.

Primeira fase

Essa é uma das fases da Covid-19 em que o paciente está começando a perceber a ação do vírus. Geralmente se dá na primeira semana e causa um quadro de gripe, com febre, coriza e cansaço. 

Nessa fase da covid-19 ainda não há alterações significativas na respiração, nos pulmões ou no quadro de saúde como um todo.

Segunda fase

Ocorrendo, na maior parte dos casos, na segunda semana, essa é uma das fases da Covid-19 mais decisivas. Isso porque é nela em que ou o paciente evolui para a cura ou para um quadro mais grave.

É nessa etapa também que sintomas como a febre e a tosse seca costumam aumentar bastante. Além disso, já fica mais claro nos exames que se trata da doença.

Terceira fase

A terceira fase costuma ocorrer em pacientes com um estado mais agravado da doença. Não se sabe ao certo quando essa etapa começa ou termina, mas imagina-se que seja entre o oitavo e o décimo dia. 

Nela o paciente passa a ter um agravamento dos problemas respiratórios e da tosse.

Quarta fase

Fase ainda mais grave, costumam evoluir rapidamente e gerar a piora do estado de saúde. É quando o paciente pode sofrer com o comprometimento das funções cardiovasculares.

Como se prevenir durante a segunda onda da Covid-19?

A prevenção do coronavírus não mudou durante a segunda onda da Covid-19. Ainda é necessário manter o distanciamento social, lavar bem as mãos, com frequência, e utilizar máscara. No entanto, existem outros cuidados a serem seguidos para evitar a doença.

Por isso, para promover uma prevenção do coronavírus, além de seguir as medidas devidas, é necessário manter a imunidade alta e os cuidados com a saúde em dia. Assim sendo, ter uma alimentação equilibrada, praticar exercícios e continuar com os exames em dia é essencial.

O mesmo vale para a Geração+. Nessa segunda fase da Covid, os cuidados com a saúde na terceira idade também devem envolver a mente. Isso porque houve uma quebra de rotina grande e a sensação de solidão pode ocorrer, até pelo tempo de distanciamento social. No mais, também é necessário manter uma rotina de consultas médicas. 

O tratamento precoce da Covid-19 resolve?

Não existe uma prevenção por meio de remédios ou um tratamento precoce da Covid-19. Apesar de muito divulgada, a ingestão de remédios e vitaminas em nada é capaz de promover uma prevenção do coronavírus ou da própria doença. 

Inclusive, a ingestão de remédios sem indicação médica pode gerar diversos outros problemas de saúde. Por último, é válido destacar ainda que vivemos na segunda onda de Covid-19 um período de muitas informações falsas ou desencontradas. 

Assim sendo, a qualquer sinal de dúvida sobre um tratamento precoce da Covid-19 sugerido ou alguma receita milagrosa, busque auxílio médico.

Mantenha os cuidados médicos

A MedSênior entende a importância de manter os cuidados médicos em dia, principalmente em um período tão complicado quanto a segunda onda de covid-19 no Brasil. 

Para proteger nossos usuários da segunda onda de Covid-19 e permitir o acesso à saúde de qualidade, passamos a oferecer teleatendimento médico online e por telefone. Assim você poderá acessar consultas, diagnósticos, receitas médicas e exames, além de tirar dúvidas com um profissional capacitado. 

Se você já é beneficiário, basta ligar para o número: 0800 0800 551. Após ligar, você passará por uma triagem que irá identificar o caso. Por último, será encaminhado(a) para um atendimento mais específico. 

Conheça mais sobre a nossa opção de teleatendimento médico, clicando AQUI. Conheça todos os cuidados que você deve ter com a Covid, clicando AQUI.

Geração+ informada 

foto