Notícias - MedSênior

Confira o que causa a insônia e dicas para dormir melhor


Dormir bem é determinante para amenizar grande parte dos problemas relacionados à saúde, além de garantir o bom funcionamento do corpo e o bem-estar. Enquanto isso, uma noite de sono não reparador causa irritação, dores de cabeça e no corpo. Também gera dificuldades cognitivas, sonolência e mudanças no metabolismo, que deixam o organismo suscetível a outras doenças, como hipertensão, depressão, diabetes e doenças cardiovasculares. Confira neste post o que causa a insônia e dicas para dormir melhor.
 
O que causa a insônia?
 
Caracterizada pela dificuldade de dormir ou conseguir manter um sono contínuo, a insônia é, normalmente, causada por hábitos inadequados. Entre os fatores que leva um paciente ser diagnosticado com insônia, estão: estresse, estilo de vida irregular, transtornos mentais, neurológicos ou hormonais, problemas respiratórios, dores crônicas, problemas gastrointestinais, ingestão de medicamentos ou substâncias, entre outros.
 
3 dicas para dormir melhor
 
1. Evite o uso de eletrônicos antes de dormir
 
Recomenda-se ficar longe dos aparelhos eletrônicos - TVs, celulares, tablets e computadores - pelo menos uma hora antes de dormir. Isso porque, a luz emitida pelas telas desses dispositivos diminui a produção de melatonina – hormônio responsável pela sensação de sonolência, que é liberado ao anoitecer e induz ao sono.
 
2. Prefira alimentos leves antes de dormir
 
Além das bebidas energéticas que devem ser evitadas antes de dormir, como café, refrigerantes e alguns tipos de chás (chá mate, chá verde e chá preto), é preciso ter muito cuidado com os alimentos pesados. O excesso de gordura, por exemplo, faz com que o sistema digestivo trabalhe mais intensamente e em uma velocidade maior. E é aí que está o perigo! Durante a noite, o organismo deveria diminuir sua atividade, para garantir que o corpo consiga descansar durante o sono. Portanto, o consumo de alimentos pesados atrapalha a pegar no sono.
 
3. Durma sempre no mesmo horário
 
É fundamental ter em mente, que, apesar de todos os compromissos e necessidades, é preciso organizar suas atividades para dormir sempre no mesmo horário. Fazer com que o corpo se acostume com uma rotina, facilita (e muito!) a chegada do estágio de sono mais profundo, ou seja, quando você mais relaxa.
 
Blog MedSênior!
 
Separamos outros conteúdos do Blog que também vão te interessar. Confira:
 
Como manter o autocuidado e a autoestima durante a quarentena?
 
Dicas de cursos online para fazer na quarentena
 
Fonte: Dr. Roni Chain Mukamal, geriatra MedSênior, CRM 9745 e RQE 6575.
foto