Central de Atendimento: 4007-2001
Marcação de Consulta - Rede Própria: 0800 840 5505 Dúvidas sobre saúde: 0800 0800 551 SAC: 0800 605 5505 ES | MG | PR | DF | RS | RJ

Notícias - MedSênior

O que causa surdez: cuidados durante a terceira idade


A perda da audição é comum com o passar dos anos. A partir do envelhecimento, os primeiros sinais do problema podem acabar se manifestando, o que impacta diretamente a vida do idoso, diminuindo sua liberdade e habilidade de comunicação. Contudo, uma dúvida muito comum entre as pessoas é: “O que causa a surdez?”. Dúvida esta que respondemos neste blog!

A presbiacusia, mais conhecida como surdez na terceira idade, é comum entre diversos idosos. Contudo, não é uma regra. Há casos onde o idoso chega aos 70 anos sem apresentar nenhuma alteração auditiva ou sinais de que o problema esteja se manifestando. Para isso, porém, são necessárias algumas medidas preventivas.

Muito se enganam aqueles que acreditam que a surdez na terceira idade é causada apenas pelo envelhecimento natural. Existem, ainda, diversos fatores externos e de autocuidado que podem representar risco à audição do idoso. 

Neste post, contamos quais são esses fatores de risco, assim como formas de prevenção e se é possível tratar a surdez. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que causa a surdez?

Dentre os principais causadores do problema está o processo degenerativo natural. A partir dos 50 ou 60 anos de vida, a pessoa passa a não ouvir mais tão bem como antes. Isso se deve, em especial, à morte de algumas células auditivas. Entretanto, há mais alguns fatores de risco que podem levar ao agravamento do problema. Confira quais são abaixo:

  • Componentes genéticos;
  • Diabetes;
  • Pressão alta;
  • Tabagismo;
  • Exposição a sons altos frequentemente;
  • Consumo excessivo de álcool.

Sintomas da presbiacusia

É comum que a própria pessoa que esteja sofrendo com a perda auditiva acabe não notando os sinais. Isso porque, geralmente, ela começa a se habituar à situação. Contudo, há sintomas que podem indicar a presença do problema e eles não devem ser ignorados. Confira os sintomas da presbiacusia:

  • Zumbido no ouvido;
  • Problemas para manter conversas em ambientes barulhentos;
  • Dificuldades para entender a fala;
  • Desconforto com a exposição a sons altos;
  • Dificuldade para ouvir vozes mais agudas, em especial as vozes femininas.

Quais são os tipos de presbiacusia?

A perda auditiva na terceira idade, presbiacusia, pode ser dividida em quatro tipos. Cada um deles apresenta algumas diferenças, que podem afetar a vida do idoso de forma singular e contam com causas diferentes. Continue a leitura e conheça cada uma!

Presbiacusia Sensorial

Considerado o tipo mais comum entre as demais, a presbiacusia sensorial se caracteriza pela perda auditiva neurossensorial bilateral e simétrica. Ou seja, o idoso apresenta deterioração auditiva nos dois ouvidos. Esse tipo começa durante a meia idade e apresenta uma queda auditiva de sons agudos, apresentando um zumbido como fator comum.

Presbiacusia Neural

Esse tipo de perda auditiva auditiva é progressiva e rápida, o que deixa o idoso com uma grande dificuldade para se comunicar e entender a fala. Ela se caracteriza pela redução dos neurônios cocleares, que são fundamentais para a transmissão do som e, ainda, estão relacionados à perda da coordenação motora e déficits cognitivos.

Presbiacusia Metabólica

No caso de quem é acometido por esse tipo de presbiacusia, ainda é possível discernir aquilo que as pessoas falam. Contudo, há uma diminuição na intensidade dos sons. Assim, para que consiga ouvir bem, o idoso necessita que as pessoas que se comunicam com ele falem bem mais alto do que o habitual.

Presbiacusia Mecânica

Neste caso, a perda auditiva está ligada às estruturas do ouvido (membrana basilar). A presbiacusia mecânica ocorre quando há um enrijecimento das estruturas presentes dentro do ouvido, alterando as características de ressonância do duto da cóclea.

Graus da presbiacusia

O problema de perda auditiva durante a terceira idade pode, ainda, ser dividido em 4 diferentes graus, que representam o avanço do problema e como ele afeta a vida do idoso. Confira abaixo quais são eles:

  1. Grau leve: geralmente se manifesta quando a pessoa está em ambientes mais ruidosos ou muito silenciosos. Neste caso, a dificuldade para ouvir se manifesta quando se conversa com alguém que está falando baixo ou a distância;
  2. Grau moderado: neste caso, a comunicação já começa a ser prejudicada. O idoso começa a apresentar dificuldades durante conversas no dia a dia;
  3. Grau severo: aqui, para que o idoso ouça, a pessoa com quem se comunica precisa começar a falar muito mais alto do que o comum e, muitas vezes, até chegar bem perto para que seja ouvida;
  4. Grau profundo: este é considerado o grau mais intenso de perda auditiva. Ele ocorre quando há dificuldade para ouvir mesmo os ruídos mais altos.

Prevenção e tratamento da surdez na terceira idade

Atualmente, não existe nenhuma forma de curar a perda auditiva na terceira idade. Contudo, utilizando um aparelho auditivo ou um implante coclear há a possibilidade de melhora na audição. 

No entanto, quando diagnosticada cedo, a doença pode ser prevenida! Para que isso seja possível, é indispensável que o idoso procure um médico otorrinolaringologista assim que apresentar os primeiros sintomas. Dentre algumas formas de prevenção à Presbiacusia estão:

  • Uso de protetores auriculares quando exposto a ambientes muito barulhentos;
  • Evitar o uso de fones de ouvido;
  • Controlar o volume da TV, rádio e som;
  • Controlar a pressão e diabetes;
  • Cuidar melhor da alimentação;
  • Se exercitar regularmente;
  • Evitar fumar ou consumir álcool com frequência.
Além disso, ao apresentar os sintomas do problema, é importante que você procure um médico otorrinolaringologista regularmente para acompanhamento. Caso já seja nosso beneficiário, você pode encontrar o seu especialista agora mesmo clicando aqui. Se ainda não é MedSênior, contrate agora o plano da terceira idade e cuide preventivamente da saúde da sua audição!
foto