Notícias - MedSênior

Quais são as doenças que tornam alguém grupo de risco da Covid-19?


Alguns grupos de pessoas correm mais riscos de desenvolver a forma mais grave da Covid-19, podendo até ir parar na UTI. Fumantes, asmáticos, hipertensos, diabéticos e idosos são alguns deles. É por esse motivo que é de extrema importância que todas as pessoas, sejam elas do grupo de risco ou não, cuidem bem da imunidade e sigam as medidas de prevenção ao coronavírus, como uso de máscara e constante higienização das mãos.

 

No post de hoje, nós, do blog do MedSênior, preparamos um conteúdo especial para te explicar quem faz parte do grupo de risco da Covid-19 e o porquê. Ficou curioso? Continue lendo e confira.

Quem faz parte do grupo de risco da Covid-19?

Um estudo publicado no British Medical Journal (BMJ) apontou que portadores de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e asma, e indivíduos acima de 60 anos são os mais propensos a ter complicações se forem infectados pelo vírus da  Covid-19. Os pesquisadores avaliaram 113 pessoas que morreram e outras 161 que se recuperaram da infecção na cidade de Wuhan, na China, onde a epidemia foi deflagrada. 

 

Na pesquisa, 48% dos falecidos tinha pressão alta, ante 24% dos que se recuperaram. Além disso, 21% dos que morreram possuíam diabetes, número que caiu para 14% entre os que ficaram bem. Uma possível explicação é que a diabetes, principalmente o tipo 2, é um fator de risco para o agravamento de diversas infecções, já que prejudica as defesas do organismo contra vírus e bactérias. 

 

Já os idosos estão mais suscetíveis às complicações do coronavírus por causa de alterações no sistema imunológico naturais da idade. No caso de pessoas com doenças cardíacas, a circulação prejudicada e a debilidade dos pulmões podem favorecer a agressividade da infecção.
 

 

Mas não para por aí, outros grupos também podem se tornar suscetíveis a doenças. Veja outros exemplos:

 
  • Gestantes;
  • Mulheres no puerpério;
  • Pessoas com câncer;
  • Pacientes com doença renal crônica;
  • Portadores de doenças autoimunes como o lúpus.

Como os grupos de risco podem evitar o coronavírus?

Como já falamos aqui no blog, as medidas de prevenção ao novo coronavírus devem ser seguidas à risca por todas as pessoas, mesmo aquelas que não fazem parte dos grupos de risco da doença. Para quem se enquadra nos fatores de risco, os cuidados devem ser redobrados! A seguir, listamos os principais:

 
  • Respeitar o isolamento físico e só sair de casa em casos de extrema necessidade, sempre com uso de máscara de proteção;
  • Evite aglomerações;
  • Alimente-se bem para manter a imunidade alta;
  • Se possível, faça exercícios físicos;
  • Se precisar sair de casa, evite tocar nos olhos ou nariz com as mãos sujas;
  • Lavar as mãos com frequência e higienizar todos os produtos que forem comprados;
  • Manter os cômodos da casa limpos e arejados. Prefira a ventilação natural em detrimento do uso de condicionadores de ar;
  • Evitar qualquer contato com pessoas que manifestem sintomas parecidos com os da gripe;
  • Se possível, busque se vacinar contra a gripe para evitar ter gripe ou resfriado.

Geração+ protegida e bem informada!

O blog do MedSênior é recheado de conteúdos sobre os mais diversos assuntos para que você possa se manter sempre bem informado.

 

Gostou do post? Então fique por aqui e confira outros conteúdos:

Fonte: Ministério da Saúde.
 
foto